Edições anteriores

  • Rei Ambrósio
    v. 2 (2024)

    O 2º volume da Revista Goyazes contemplará artigos acadêmicos e trabalhos de pesquisa originais, inéditos, que abordem, preferencialmente, questões relacionadas à Igualdade Racial e Direitos Humanos.

  • Damiana da Cunha
    v. 1 (2023)

    Damiana da Cunha foi uma indígena (1779-1831) que exerceu uma atuação política notável no estado de Goiás. Ela se inseriu no contexto das políticas luso-brasileiras de atração dos povos originários, enquanto povoadores e atuantes como mão de obra, entre a segunda metade do século XVIII e as primeiras décadas do XIX.   Damiana da Cunha era neta do cacique Angraí-oxá, o principal de uma das aldeias caiapós. Entre os territórios ocupados e frequentados por esses indígenas estava o sul da capitania de Goiás, atual Triângulo Mineiro, também conhecido como Sertão dos Caiapós. A história dos Caiapós se liga diretamente ao desenvolvimento político de Goiás.   Como entre as atribuições da Ejug está a de fomentar o conhecimento em todas as suas nuances, mas com ênfase especial, evidentemente, para tudo o que se refira à história de Goiás, conhecer a trajetória de Damiana da Cunha é algo essencial, tanto para os goianos quanto para todo o país.